Atualize o Adobe Flash Player.

Instale Adobe Flash player

Banner
Banner
Banner
Banner

Programa Brasileiro GHG Protocol lança plataforma versão 2.0
Plataforma para organizações empresariais e não empresariais ajuda a criar bases para transição à economia de baixo carbono. Interessados em utilizar a ferramenta serão capacitados em  fevereiro. Crédito/Foto: divulgação

Página Sustentável, 04.02.2016

O Programa Brasileiro GHG Protocol lança em março a versão 2.0 de seu Registro Público de Emissões (RPE). A plataforma, que auxilia organizações empresariais e não empresariais, é a maior base pública de inventários de GEE (gases de efeito estufa) da América do Sul, com 133 empresas-membro em 2015.

Leia mais...
 
Estados Unidos: país terá mais 15GW em 2016
Crédito/Foto: Página Sustentável

Página Sustentável, 03.02.2016

Relatório da IHS Solar Intelligence Service afirma que com a extensão do subsídio à energia solar, em 2016, as instalações de módulos fotovoltaicos crescerão 60% este ano nos Estados Unidos. Com isso o país instalará 15GW, a maioria no oeste e sudoeste americano. Califórnia, Nevada e Texas adicionarão, por meio de fazendas fotovoltaicas, 1GW cada um.  Atualmente, o país tem 50GW de projetos em projetos de fazendas fotovoltaicas, o que representa metade da capacidade adicionada para o período entre os anos 2016 e 2019.  

Leia mais...
 
A maior empresa de energia australiana encerra produção de gás de carvão
Crédito/Foto: divulgação

Página Sustentável, 04.02.2016

A AGL, maior e mais tradicional empresa de energia australiana, anunciou que está abandonando a produção de gás de hulha para focar na evolução da indústria energética. A empresa, fundada em 1837, como Australian Gas Light Company, esteve no início da indústria de iluminação no país, usando gás de carvão para fornecer iluminação pública. Ao longo do tempo, tornou-se também uma distribuidora de eletricidade. 

Leia mais...
 
Klabin registra crescimento integrado de seus resultados
Crédito/Foto: divulgação

Página Sustentável, 03.02.2016

A Klabin registrou, em 2015, Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 2,0 bilhões, crescimento de 15% na comparação com 2014. No quarto trimestre, o Ebitda ajustado foi de R$ 603 milhões, um aumento de 25% em relação ao mesmo período de 2014, sendo o 18º trimestre consecutivo de crescimento da companhia. Hoje, a companhia tem 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina e está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papel cartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Leia mais...
 

Eventos

Novas Tecnologias de Energia Eólica 2016

30 de março • São Paulo • SP

acesse: Eventos